Vladimir Queiroz

Vladimir Queiroz

Vladimir Queiroz

Vladimir Queiroz nasceu em Feira de Santana, Bahia, Brasil em 09/12/1962. Publicou no Brasil os livros: Seres & Dizeres (1996), Terracota (2001), Infantilis (2003), ABCdito e outros ditos mais (2003), Apokálupsis do Sertão (2006), Luminescência (2008), Instinto (2010), Alcatruz (2011), Nuances (2012), Muxarabis (2015), Brasileirança (2016). Teve o livro Nuances publicado em Portugal e Romênia (2015), Colômbia e Itália (2019). Teve o livro Luminescência publicado na Itália em 2017. Participou de eventos literários internacionais como conferencista em Portugal, Moçambique e Colômbia. Membro Correspondente da Academia de Letras e Artes de Feira de Santana – Bahia – Brasil. Membro do Centro de Literaturas e Culturas Losófonas e Européias (CLEPUL) – Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Membro da AIP – Associação Internacional de Paremiologia – Tavira (Portugal).

Contato

9 + 13 =

SOCORRO ACIOLI

SOCORRO ACIOLI

SOCORRO ACIOLI

É jornalista, mestre em Literatura Brasileira e doutora em Estudos de Literatura na Universidade Federal Fluminense, no Rio de Janeiro. Começou a carreira em 2001 e, desde então, publicou livros de diversos gêneros, como as biografias Frei Tito (2001) e Rachel de Queiroz (2003), contos infantis e romances juvenis. Em 2006, foi selecionada para a oficina “Como contar um conto”, ministrada pelo Prêmio Nobel Gabriel García Márquez na Escola de Cinema de San Antonio de Los Baños, Cuba. A autora foi escolhida pelo próprio García Márquez a partir da sinopse do romance A cabeça do santo. Em 2007, foi pesquisadora visitante na Biblioteca Internacional de Juventude de Munique, Alemanha, e já proferiu palestras em países como Portugal, Bolívia e Cabo Verde. A edição americana The Head of the saint foi finalista do Los Angeles Times Book Prize 2017 e escolhida como um dos 50 melhores livros de 2017 pela New York Public Library.

Contato

15 + 4 =

Nega Fya

Nega Fya

@ET-DC@eyJkeW5hbWljIjp0cnVlLCJjb250ZW50IjoicG9zdF90aXRsZSIsInNldHRpbmdzIjp7ImJlZm9yZSI6IiIsImFmdGVyIjoiIn19@

NegaFya (Fabiana Lima) – 22 anos, moradora do bairro da Sussuarana-Salvador-BA,  poetisa, MC, artista de rua, produtora cultural, ativista cultural, integrante do grupo de poesia Resistência Poética, Idealizadora e produtora do Slam Das Minas-BA, vice-campeã do campeonato brasileiro de poesia falada(2016),  vice-campeã Rio Poetry Slam-Campeonato Mundial de Poesia Falada , graduanda no curso de enfermagem e ango capoeirista.

“Poesia marginal, visceral e ancestral”

 Artista de rua e poeta, durante a apresentação traz denúncias à violências como racismo, machismo e sexismo , além de ter como principais característica a expressividade corporal e linguagem de fácil entendimento do público em geral.

Faço da poesia marginal os gritos pretos e femininos de liberdade, resistindo na diáspora Africana enquanto ser que transformam a dor em luta. 

Contato

12 + 1 =

Evanilson Alves e Sandro Sussuarana

Evanilson Alves e Sandro Sussuarana

Evanilson Alves e Sandro Sussuarana

São alguns dos idealizadores do projeto Sarau da Onça. Também são produtores culturais e articuladores de Jovens do bairro de Sussuarana (BA). Organizaram e lançaram a Antologia Poética: O Diferencial da Favela: Dos Contos às Poesias de quebrada, do Sarau Da Onça (2019) – que fez parte do 3º Festival de Arte, Cultura e Concurso Literário Sarau da Onça e teve o apoio da Fundação Gregório de Matos.

Contato

2 + 10 =

Vilma Reis

Vilma Reis

@ET-DC@eyJkeW5hbWljIjp0cnVlLCJjb250ZW50IjoicG9zdF90aXRsZSIsInNldHRpbmdzIjp7ImJlZm9yZSI6IiIsImFmdGVyIjoiIn19@

Socióloga, ativista do Movimento de Mulheres Negras e membro da Mahin Organização de Mulheres Negras. Doutoranda no Programa de Estudos Étnicos e Africanos, no PÓSAFRO-CEAO-FFCH/UFBA. Pesquisadora dos temas Raça, Gênero e Direitos Humanos.

Contato

10 + 9 =