Adelice Souza – Nasceu em Castro Alves (BA) em 1973. Reside em Salvador (BA). É escritora, dramaturga, diretora teatral e yoguini. Doutora em Artes Cênicas pela Universidade Federal da Bahia, com enfoque em Dramaturgia e o Sagrado. Encenou várias peças teatrais, algumas delas de sua autoria: Hamlet-Machine, de Heiner Müller(1997), A Balsa dos Mortos, de Harald Müller(1998), De Alma Lavada, baseado em O mandarim de Eça de Queiroz(1999), Red não é vermelho, de Bertho Filho(2001), Na solidão dos Campos de Algodão, de Bernard Marie Koltés (2003/2004), Fogo Possesso, de sua autoria; Metamorphos-in, adaptação sua para o conto de Kafka e Jeremias, Profeta da Chuva (projeto do Núcleo do Teatro Castro Alves 2009), também de sua autoria. Em 2013, encena Kali, senhora da dança, drama-oração com artes cênicas e yoga. Publicou os livros de contos As Camas e os Cães (2001), Caramujos Zumbis (2003), Para uma certa Nina (2009); o romance O homem que sabia a hora de morrer (2012), as peças teatrais Fogo Possesso (2006) e Kali, senhora da dança (2013); e os infantis Adestradora de Galinhas (2014) e Cecéu, poeta do céu (2015), sobre a vida e obra do poeta Castro Alves. Participa de várias antologias nacionais e internacionais e tem textos traduzidos em Canadá, E.U.A., França e Alemanha.

Está entre os 18 escritores baianos que representaram a literatura baiana na Feira do Livro em Frankfurt em 2013. Seu romance juvenil O homem que sabia a hora de morrer foi finalista do Prêmio Jabuti em 2013. Desde 2014 dedica-se à literatura infantil e o livro Adestradora de Galinhas venceu o Edital de Livros Infantis da Secretaria de Educação da Bahia e teve 40 mil exemplares distribuídos para a alfabetização nas escolas públicas. Alguns dos seus livros foram adotados em instituições de ensino privado. Em 2015, juntamente com Ana Maria Machado, representou o Brasil no I Encontro da Literatura InfantoJuvenil da Lusofonia, em Portugal, onde foi convidada a participar mais uma vez em 2016, mesmo ano que lança os seus dois primeiro livros infantis em Portugal, na Biblioteca da Universidade de Lisboa e em Coimbra.