Bernardo Almeida

Bernardo Almeida nasceu em Salvador (Bahia), em 1981. É poeta, jornalista, artista digital e roteirista. Participou de bienais e dezenas de coletâneas literárias. Publicou os livros: Achados e Perdidos (poesia / 2005), Crimes Noturnos (poesia / 2006 e 2018), Enquanto espero o amanhã passar (poesia / 2009), Sem um país para chamar de pátria, sem um lugar para chamar de lar (poesia / 2009), LONA (poesia / 2011), O vencedor está morto (contos / 2014) e Arresto (poesia / 2016), que também foi editado em Paris, em 2018. O autor tem textos traduzidos e publicados na Europa, sobretudo na França e na Croácia.

Contato

6 + 12 =

Share This