José Inácio Vieira de Melo, alagoano radicado na Bahia, é poeta, jornalista e produtor cultural. Publicou oito livros de poemas, dentre eles livros “Sete” (2015), com o qual venceu o Prêmio Quem, da editora Globo, na categoria Melhor autor; e “Entre a estrada e a estrela” (2017), que para o crítico Ferando Py “revela um poeta que alcança seu máximo poético até hoje, podendo ombrear-se aos que já atingiram patamar semelhante, como Joaquim Cardozo, Gerardo Mello Mourão, Jorge de Lima, Carlos Drummond de Andrade, etc. E isto devido a um trabalho cuidadoso de linguagem e expressão.”. Participa de várias antologias no Brasil e no exterior. Coordenador e curador de vários eventos literários, como a Praça de Poesia e Cordel, na 9ª, 10ª e 11ª Bienal do Livro da Bahia (2009, 2011, 2013), em Salvador, o Cabaré Literário, na I Feira Literária Ler Amado, em Ilhéus (2012) e a Flipelô – Festa Literária Internacional do Pelourinho (2017), em Salvador. Tem poemas traduzidos para os seguintes idiomas: alemão, árabe, espanhol, finlandês, francês, inglês e italiano.