Robério Braga, fotógrafo faz parte do acervo Permanente dos Museus Afro Brasileiro (Ibirapuera, São Paulo), MIS (São Paulo) e MACS (São Paulo) é baiano de Salvador e iniciou sua carreira em 1993, quando participou da Bienal do Recôncavo em São Felix e na Mostra Nacional de Fotografia (UFBA) Foi morar em São Paulo, atuando como diretor de fotografia em cinema e publicidade, fez o curso de 3 meses em cinema na NYFA (New York Film Academy) tornando-se também diretor de cena. Em 2003, fundou a Produtora Maria Bonita Filmes e sua divisão de conteúdo e entretenimento, responsável por projetos para a televisão, documentários, longas-metragens e novas mídias.

Em 2014 Robério Realizou a exposição de fotografias sobre a África , “LUZ NEGRA” que itinerou pelo Museu Carlos Costa Pinto (Salvador- BA), Museu De Imagem e Som- MIS (São Paulo-SP) e Fundação Dom Luis I (Portugal) com grande repercussão na mídia, publico e critica. Hoje integra o seleto grupo de fotógrafos da Galeria Mário Cohen Fine Art tendo participado de 4 edições da SP Arte e SP Foto e prepara agora a sua próxima exposição “Tranças Afrodescendentes” que antes mesmo de ser lançada já é finalista do prêmio Fundação Conrado Wessel (XIV Edição) fazendo parte da sua prestigiada publicação anual. A exposição tem local confirmado no Museu Afro Brasileiro (SP Ibirapuera), MAM ( Salvador-Ba) e Dragão do Mar (Recife-PE). Braga Fundou no final de 2016 o coletivo de audiovisual screamcheese onde assina a direção geral do Clipe da Rapper Karol Conká (6 milhões e seiscentos Views até agora).