Ministério da Cultura e Instituto CCR apresentam

Vânia Melo nasceu e vive em Salvador, por ela, por Oxum e seus cuidados, e entregue a mundos possíveis. Graduada em Letras Vernáculas e mestranda no Programa de Pós-graduação em Literatura e Cultura, ambos pela Universidade Federal da Bahia, Vânia é professora de Literatura e Língua Portuguesa. Em 2011, publicou seus primeiros poemas eróticos na coletânea “Sangue Novo: 21 poetas baianos do século XXI”. Especialista em História e Cultura Afro-brasileira e guardada por Benedito Preto Velho, teve, em 2012, poemas inéditos lançados na coletânea afro-brasileira “Cadernos Negros – vol.35”. Em 2012, publica novamente poemas inéditos no primeiro volume da Revista Organismo. Em 2018, lança seu primeiro livro solo pela editora baiana Organismo: “Sobre o breve voo da borboleta e suas esquinas”.

Escrevo porque preciso abrir espaços, bordar caminhos com a palavra.